Instintos

14:58:00

Fato 3: “Confie em si mesma. E em seus instintos.”

Falar em instintos parece ser um assunto bobo feminista. Mas não é, tanto assim. Venho aprendendo ao longo do meu histórico de arrependimentos que tenho que confiar mais em minha voz interna. Aquela que diz: faça isso; não faça aquilo; FAÇA agora! Enfim, alguns chamam de consciência, mas que muitas vezes pode ser confundida com seus “instintos” ou sexto sentido.
Instintos é mais conveniente e não tão terrorístico ou fantasioso quanto “sexto sentido”. E sim, na maior parte do tempo ele tem razão. Tipo, quando ele diz para não guardar as coisas em tal lugar, pois vai acabar perdendo. Ou não comente nada sobre isso com “fulana”, pois ela vai acabar contando para vários “ciclanos”. E por aí vai. Você fazendo toda a besteira possível. Por isso eu digo, ouça sua voz interior, ela é seu inconsciente gritando a verdade nos ouvidos de uma louca surda.
Além de que ela é sua maior incentivadora. Quem te põe pra cima e diz: sim você é capaz. Ah, meu sexto sentido, ou meus instintos, não importa. O que importa é a confiança que tenho que ter em mim mesma. E em minha eu mais esperta.

You Might Also Like

8 Cerejas

  1. Minha consciência já me salvou por várias vezes. Me impedia bem na hora de falar o que não devia.
    Hoje, procuro ouvir mais a voz interior e me deixar calar.
    Para ser sincera, assim me arrependo menos.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    sou a doida do "senaotemoquefazerclickaqui" hahaha
    Só vi agora seu comentário e agradeço. Faz tempo que não posto nada, ando meio desanimada com isso, mas quem sabe volto para essa vida hehe!
    Gostei do seu blog, passarei por aqui sempre ;)
    Vou fazer outro blog agora "casadasuh.blogspot.com"
    algo mais voltado para arquitetura, minha nova paixão :D

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. acredito super em instinto!!
    Não sei se é dom ou se cada um vem de fabrica com o seu, mas pelo menos comigo sempre funciona!
    Cada vez que a merd@ agarra, relaxo e a solução aparece rapidinho!

    Beijos linda, já estou seguindo!!

    AMOO CEREJa tenho 2 tatoo de cerejinhas!!

    Beijos amore
    http://cacau-makeup.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Seeeeei exatamente doq vc está falando, eu já perdi a conta de qtas vezes me arrependi de não ouvir essa voz interior...

    ResponderExcluir
  5. Pior é quando você decide ignorar e vê que se tivesse feito o que "sentiu" que deveria, tudo teria sido positivamente diferente. Ou, quando seguimos esse "instinto", e nos surpreendemos em como a gente consegue "prever" alguma coisa para gerar um resultado incrível e nem um pouco aleatório. Dúvidas da existência.

    Lá no meu post você tava certa, ódio deve ser superado. Mas ele é tão breve quanto forte. Ele vem como uma pancada. As coisas com meu pai são muito complicadas por mil motivos e até hoje eu não tô a fim de olhar na cara dele. É o tipo de marca que fica MESMO. Mas o ódio passou. Só fica a mágoa. E mágoa é uma praga.

    ResponderExcluir
  6. Nossa voz interior tem sempre algo a dizer, e eu acredito no quão certa ela está, todas as vezes, basta saber ouvir.

    ResponderExcluir
  7. hahaha.
    Meio que nosso 'eu-lirico'.

    --
    Sim, Nanda.
    Cheguei ontem em Aracaju de novo.

    Estivemos no mesmo dia do Festival! 0.o Gostou? James Blunt gatíssimo, né?

    Nem deu para agente marcar nada: 1. A greve acabou com os planos de todo mundo; 2. Eu tava meio ausente do Blog só postando sem ler muito os comentários e quando vi o seu já tinha passado um tempinho e eu fiquei com vergonha >.<

    enfim, gostou das férias? ainda esta em Salvador? Ficou em que bairro?

    =*

    ResponderExcluir
  8. "Ouça sua voz interior, ela é seu inconsciente gritando a verdade nos ouvidos de uma louca surda"

    Genial, sem mais.

    ResponderExcluir

Então, o que você me diz? Compartilhe comigo a sua opinião!

Natura

Postagens recentes

Curta nossa Fan Page!


Compre Natura Aqui!

Subscribe