Sendo sincera

23:48:00

Não sei se você já sentiu, mas eu já senti um buraco negro em meu coração. Onde qualquer coisa que nele era depositado logo era aspirado como um buraco negro que suga todos os vestígios de felicidade. Até que ela se esgotou. E nem uma gota se quer existia. O que estava havendo? Cheguei a pensar que eu tinha uma predisposição a depressão, a doença do século. Ouço tanto falar sobre isso... Tenho familiares que se tratam, o que fez eu pensar: só pode ser isso!

Aliás, penso muito. Ando meditando sobre a vida, o universo, a humanidade e sua complexidade. É complicado. Cheguei a conclusão que a vida é como um gigantesco cálculo matemático, cheio de problemas e sem nenhum resultado exato, só mais equações e problemas.

 Até que descobri o que faltava nesse cálculo interminável. Algo que mudou o meu modo de ver o mundo, o universo, a humanidade e sua complexidade. Mudou o meu ponto de vista, como lentes novas. Fiquei maravilhada, apaixonada, encantada, interessada e o buraco negro desapareceu e no lugar foi tomado meu coração de muita felicidade e imensa alegria.

Quer saber o que eu descobri? Um amor infinito. O amor de Deus. Jesus Cristo. Meu salvador. Ele entrou em minha vida de mansinho, me conquistou, me mostrou um amor que eu nunca havia conhecido e me encheu de esperança. E conhecê-lo a cada dia me faz ama-lo mais e mais. Saber de seu sacrifício na cruz, o significado de tamanha ação é tão maravilhoso que é difícil de explicar.

Por isso, meu caro amigo, quero compartilhar com você essa maravilhosa descoberta que mudou a minha vida. Se quiser que sua vida mude também abra o seu coração e deixe-o entrar. Medite em João 5: 19-24.

You Might Also Like

2 Cerejas

  1. Que bom! Conheço alguém como você que vive irradiando essa paz, alegria de viver, paz. Seu humor é contagiante, sua felicidade e bem estar, mesmo nas adversidades. Parabéns!

    ResponderExcluir

Então, o que você me diz? Compartilhe comigo a sua opinião!

Natura

Postagens recentes

Curta nossa Fan Page!


Compre Natura Aqui!

Subscribe