Mais um ano

15:07:00


      Sinto falta de escrever mais pro blog. Não por falta de vontade, mas porque o curso também consome meu cérebro. Hoje senti vontade de escrever, então sentei e comecei a pensar em algo que fosse interessante, aí me lembrei da data. Estamos em Dezembro, fim de ano, festas comemorativas, presentes, família... Não tem como entrar no último mês do ano e não me lembrar do quanto Deus me abençoou e esteve comigo todo esse tempo. Não estou aqui para falar que Deus é um banco, que quanto mais deposito mais recebo com juros. Gosto de falar porque, para mim, Deus é como algo bom que acontece conosco e gostamos de compartilhar com as pessoas. É como contar sobre as coisas que conquistamos, quando compramos nossa casa, passamos no vestibular, ganhamos um prêmio... São coisas que não dá pra deixar de contar, a mesma coisa acontece quanto a isso. Não gosto de falar de Deus quando sinto que vou ser mal recebida. Tipo: “Aff, já ouço isso na TV, vamos falar sobre outra coisa mais interessante.” 
Então, se você também pensou assim, sinto muito, hoje não vou me calar. Até porque o blog é meu e eu falo sobre o que eu quiser (tá, calma). Não quero pregar. Ou talvez queira, não sei bem a diferença. A questão é que eu quero compartilhar com vocês como alguém que vocês gostem, não quero ser entrona e forçá-los a me ouvir, ou forçá-los a gostar do que digo. Quero apenas bater um bom papo, agradável, sem bate boca. Mas também sei que às vezes é inevitável. Não vou me alongar mais. A questão é que muitas coisas aconteceram com a minha pessoa este ano, coisas boas e coisas não tão boas. 
Estas coisas foram, quando vi o resultado no portal dizendo que tinha passado no curso que eu queria na universidade, quando comecei a cursar, quando percebi que realmente o curso tem tudo a ver comigo, quando liderei os jovens da igreja, planejar com eles momentos de divertimento e compartilhamento de bênçãos foi muito bom, quando participei de peças do teatro, adorei saber que sou boa interpretando pessoas loucas, quando ganhei o notebook (estava desesperada atrás de um), quando completei mais um ano de vida, quando descobri meu amor, quando percebi o quanto ele me faz bem e os nossos momentos juntos são tão divertidos, quando percebi que coisas ruins, ou melhor, fases ruins acontecem para que tiremos o melhor proveito delas, e assim passemos a valorizar os momentos bons, o quanto a paz entre as pessoas ao nosso redor é importante, o quanto tenho que me doar para isso, quando fui assaltada pela primeira vez percebi que Deus me livrou de coisas piores que poderiam ter acontecido, quando também percebi que o mundo é mais complexo do que eu imaginava e as pessoas também. 
Enfim, muitas coisas me aconteceram, mas eu pude perceber a presença de Deus ao meu lado sempre, Jesus está comigo, como meu melhor amigo, aquele com quem a gente conta as coisas confiando, o amigo que sempre nos dá os melhores conselhos, que ri comigo de coisas bestas e me faz enxergar o mundo com mais clareza, me dando paz e sabedoria. Bom, não vou falar mais se não o texto vai ficar gigante e você, como outras pessoas, vão acabar ficando com preguiça de lê-lo e aí vou ter escrito tudo isso a toa. 

Quero desejar a todos os meus leitores e amigos confidentes, que tenham um ótimo fim de ano, com muito amor e alegria. E um próspero ano novo! (Vamos acertar no presente do amigo secreto hein).

You Might Also Like

0 Cerejas

Então, o que você me diz? Compartilhe comigo a sua opinião!

Natura

Postagens recentes

Curta nossa Fan Page!


Compre Natura Aqui!

Subscribe