Uns pingos por aí...

11:47:00

Adoro falar sobre dias de chuva, não sei o por que. Acho que é porque ficamos mais melódicos. Ou talvez mais desesperados e com medo da morte. Enfim, dias de chuva... 

Hoje foi um desses, choveu a manhã toda. Pingos fortes, que batiam no telhado e faziam aquele barulhinho intenso que calou a boca da televisão (poucos conseguem). 

Também faz tempo que não escrevo. Digo escrever besteiras, minhas besteiras favoritas, que com o tempo me fazem sorrir, com a pessoa que eu era e com as ideias que tinha. Porque todos mudamos, evoluímos, amadurecemos, e nossas ideias, nossas revoltas viram boas lembranças. Algumas permanecem mais intensas, outras desaparecem substituindo novas. É o que chamamos de: fases. Fases da vida. 

A escrita é um pincel, onde se pinta como quer. Nunca uma pincelada é como a outra. Existem os protagonistas e os coadjuvantes. E se você nunca pintou com a escrita, experimente e depois me diga, se não é uma poesia. Quem se apaixona uma vez não mais abandona. E eu sou uma prova disso. 


A cada dia também me apaixono mais pela televisão, amo essa máquina, e quero trabalhar com ela, não na forma jornalística da coisa, e sim no entretenimento, mas algo consciente e legal. Nada tão baixo como é hoje. Contudo a televisão é uma caixinha de surpresas e quem sou eu pra falar de algo que ainda não experimentei? 

Falando em medo da morte, assisti ontem Guerra Mundial Z, filminho maneiro! Nunca vi uns zumbis tão realistas. E ao mesmo tempo gritantes como os Perus. Bom enredo, com um pouquinho de suspense válido, e o melhor, o Brad Pitty não foi “comido” pelos zumbis (quem não sabia?)! Nada como um bom filminho em dias nublados. 

Até os próximos pingos de chuva...

You Might Also Like

0 Cerejas

Então, o que você me diz? Compartilhe comigo a sua opinião!

Natura

Postagens recentes

Curta nossa Fan Page!


Compre Natura Aqui!

Subscribe