Comentário sobre o livro: A Cabana (2008)

23:50:00

A Cabana Resenha Comentário Crítica

Autor: William P. Young
Ano: 2008
Sinopse: "A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana e passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta ao cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá pode mudar sua vida para sempre."

Curti muito esse livro!

Como o próprio autor faz questão de ressaltar, o livro - apesar dos personagens e a temática cristã - não é essencialmente religioso, mas trata sobre relacionamentos (nesse caso, o relacionamento entre o homem e Deus). Embora utilize elementos e personagens associados a credos religiosos como o próprio Deus/Trindade, o livro possui uma linguagem muito mais profunda, muito mais humana da figura do "Pai" (primeira pessoa da trindade) ou "Papai" e a sua interação com a criação (fator que desagradou a muitos e agradou a muitos outros), nos proporcionando uma visão de Deus mais próxima da nossa realidade. O autor também tenta resgatar atributos da divindade que há muito tempo fora esquecidos pela religião cristã, como o amor, a compaixão, a sensibilidade, a compreensão e, acima de tudo, o amor incondicional de Deus. 

A Cabana Resenha Comentário Crítica Frases

Há uma frase de Jesus no livro que para mim resume muito bem a interpretação sobre esse relacionamento entre criador e criatura de Willian P. Young e que define a "Cabana" como uma literatura que vai muito além de uma mera obra de ficção-religiosa: "Eu não vim para tornar as pessoas cristãs". Jesus não é um cristão, ele era um judeu, viveu como judeu, morreu como judeu e ressuscitou como um judeu. Sua religião, sua denominação, seus méritos pessoais, nada disso faz com que o Pai te ame mais, menos ou deixe de nos amar. Ele nos ama porquê a sua natureza é amor. Devemos honrá-lo e obedecer seus princípios por amor, e não por medo do terrível "deus" que lança a alma dos homens ao inferno.

Quem ainda não leu o livro, leia. Eu recomendo muito! Se você amou "O Peregrino", "As Crônicas de Nárnia" e o "Senhor dos Anéis" com certeza vai adorar "A Cabana"!!! 

Texto do nosso novo colunista: 
Luis Henrique Souza Matos 
(detetivecomics@gmail.com)

You Might Also Like

2 Cerejas

  1. Olá!
    Já faz séculos que quero ler esse livro, mas só pela fama dele, é a primeira vez que leio uma resenha. É beeem diferente do que imaginei, mas achei super interessante, nunca li nada com essa temática mais "espiritual", parece bem interessante. Quero ver o filme também!

    Bjss
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu to doida pra ver o filme que lançou!!!
    Na época que lançou o livro eu achei que se tratava de suspense/terror... hahaha

    www.diariosdeumpiquenique.com.br

    ResponderExcluir

Então, o que você me diz? Compartilhe comigo a sua opinião!

Postagens recentes

Curta nossa Fan Page!


Compre Natura Aqui!

Compre Natura Aqui!
E receba os produtos em casa.

Subscribe